Donington Park 1993

O dia 11 de abril de 1993 vai ficar marcado na história da Fórmula 1. Nessa data, Ayrton Senna da Silva protagonizou o melhor grande prêmio de sua vida. Correndo na chuva, o piloto brasileiro deu um show diante da torcida britânica, no circuito de Donington Park.

Senna largou em quarto, atrás de Prost, Hill e Schumacher. Logo na largada, foi ultrapassado por Wendlinger, que ocupava a quinta posição, mas conseguiu se recuperar de maneira inacreditável. Ultrapassou um por um dos adversários que estavam à sua frente e, antes de completar a primeira volta, já estava na liderança. Entre os quatro pilotos que estavam à sua frente, três possuíam um equipamento melhor: Hill e Prost pilotavam as Williams, enquanto Schumacher guiava uma Benetton, mas Senna fez valer seu talento e, mesmo com um carro inferior, deixou para trás seus adversários.

A ultrapassagem sobre Karl Wendlinger merece ser destacada. Ele fez uma manobra pelo lado de fora de uma curva que não é considerada ponto de ultrapassagem, deixando Wendlinger a ver navios. Tal façanha foi comparada a outra ultrapassagem, que ele mesmo sofreu em Hungaroring (1986), quando foi superado pelo tricampeão Nelson Piquet.

No decorrer da prova, Senna permaneceu na liderança. O tempo traiçoeiro atormentava os estrategistas das equipes. As condições do tempo mudavam a cada momento, a chuva cessava e recomeçava sem aviso prévio. Diante dessa situação, os pilotos eram obrigados a parar nos boxes para trocar os peus biscoito por pneus de pista molhada. Alain Prost realizou 7 pit-stops durante todo o GP. Enquanto isso, Senna, com toda a sua experiência, resolveu arriscar, permaneceu na pista até o final, e não parou nos boxes nenhuma vez.

O tempo perdido na troca de pneus fez com que os adversários de Senna se distanciassem cada vez mais do piloto brasileiro. No final da prova, pasmem, Senna cruzou a linha de chegada com 83 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, Damon Hill e ainda terminou a corrida com uma volta de diferença sobre o terceiro colocado, seu eterno rival Alain Prost. Também poderia ter ultrapassado Hill, se quisesse, mas não o fez para impedir que o rival Prost alcançasse o inglês, já que um retardatário não pode ultrapassar o líder da prova.

O vídeo a seguir exibe a fantástica primeira volta daquele memorável grande prêmio:

5 comentários:

Alex Hall disse...

Olá.
Sou fanático por f-1
Assisto desde 1987.
Venho aqui corrigir 2 coisas...
Pneu biscoito é o pneu de chuva, e o de sol o slick...
Senna parou se não me engano umas 6 vezes nesse GP...com certeza ele parou menos que o Prost, mas que ele não parou está errado...
abraços

17 de maio de 2008 12:41
babal disse...

Maravilhoso!
como eu nunca tinha visto.

6 de julho de 2008 12:54
Cleber disse...

F A N T A S T I C O !

3 de outubro de 2008 13:37
fmtorrubia disse...

Esse alex falou besteira porque, pelo que me lembre o Senna parou no máximo dos máximos, 2 vezes. Isso porque eu me lembro de ele colocar pneu biscoito no final da prova pra garantir.
Nunca q ele teria feito 6 paradas.
Se ele tivesses feito isso, o Senna não teria dado um baile de tempo no segundo colocado, como o fez.

19 de março de 2010 17:56
AI Pablyto Robert disse...

Eu assisti a corrida toda novamente, uns dias atrás e o Senna parou umas 3 vezes. Em uma delas a roda agarrou e o Senna caiu para segundo colocado (foi quando a pista secou de vez). Após, voltou a chover e o Senna ficou com o pneu de pista seca, enquanto todos trocaram. Só que a chuva não foi muito forte (mas molhou a pista o suficiente para alguns sairem dela). Com pneus slick, Senna cravou a melhor volta daqueles instantes, mesmo com os demais usando pneus de chuva.

O Senna colocou volta no Hill, mas teve que o deixar passar, porque recebeu informação da equipe que poderia estar com pouco combustível, logo, ele teve que aliviar o pé e administrar a vantagem. É irreal esta história que ele não passou para evitar o Prost passar o Hill, pois ele esteve com uma volta na frente de todos, só que precisou aliviar por problemas no carro. No vídeo da corrida (pode ser encontrado em partes no Youtube) não falam o motivo dele ter reduzido e o Hill passado, mas ele (Senna) falou em uma entrevista posterior.

19 de julho de 2011 15:14

Postar um comentário