Rubens Barrichello vence o GP de Interlagos (Brasil) - 18/10/2009

Esta é uma corrida que vai entrar para a história do automobilismo mundial. Neste domingo, dia 18 de outubro de 2009, o piloto brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn, finalmente conquistou uma vitória no Grande Prêmio de Interlagos, após 17 tentativas frustradas.

Na transmissão da TV Globo, o narrador Galvão Bueno não se conteve e foi às lágrimas. A bandeira verde-amarela hasteada nas mãos do piloto remete aos tempos áureos de Ayrton Senna. De fato, este parece ter sido o auge da carreira de Rubinho. Apesar das inúmeras críticas que recebeu ao longo de sua vida, ele não se intimidou, foi à luta e fez por merecer o lugar mais alto do pódio.

Barrichello é considerado um exímio corredor em pistas molhadas. Na prova deste domingo, ele foi beneficiado pela chuva forte que caía sobre São Paulo. A torcida presente do autódromo ficou perplexa quando o brasileiro cruzou a linha de chegada com uma volta de vantagem sobre o segundo colocado.

Parabéns, Rubinho. O Brasil precisa de mais pessoas iguais a você. Rubens Barrichello é um desportista exemplar, guerreiro, batalhador, perseverante, ambicioso, determinado, obstinado!

PARABÉNS, RUBINHO!!!!

2 comentários:

sam disse...

QUERO VÊ DEPOIS DA CORRIDA SE O RUBINHO SAIR FORA SE VC VAI MANTER ESSE POST AÍ E SEUS ELOGIOS!

qUERO Vê!

18 de outubro de 2009 11:41
Allan Quadros disse...

Rídiculo ! O Rubinho é o pior do mundo. Mas nem tenho raiva dele. Ele é ruim e não se pode mudar isso. O pior são as pessoas e órgãos da mídia, que sempre acham que vai dar....
Pessoal,vamos parar com isso, nunca ai dar pro Rubinho... Não pela culpa dele, porque, na verdade a culpa sempre é ou do carro, ou do alemão, ou do estrategista, ou de alguma outra coisa...
Não duvido ainda, considerando o campeonato deste ano, que o Rubinho e algumas pessoas digam: - Ah, não foi culpa do Rubinho mesmo. Foi sorte do inglês.
É ... pode ser..., mas lembremos que este inlês andou atrás do Rubinho a vida inteira e hoje é campeão.
Então é azar do Rubinho?
Azar??? Tá bom - conta outra!Aprendi no Exército que "algumas coisas só acontecem com certas pessoas" e, nesse caso, tal fato não se limita somente ao azar, mas também à incompetência.

Rubinho valeu.... se você diz que está no seu auge, "cheio de velocidade", continua .... acredita... acredita. Se você não acreditar em você mesmo, quem é que vai acreditar, não é verdade?
Ah, esqueci-me. Tem gente que ainda acredita...fazer o quê!?
Para vocês que ainda acreditam no Rubinho, é hora de começar a planejar a desculpa do ano que vem... e do próximo... e do próximo ... e do próximo... até quando ele achar que "está cheio de velocidade".

Allan Quadros.

19 de outubro de 2009 14:25

Postar um comentário